O poder do ousado: rosé

Nos últimos anos o consumo de vinho tem se beneficiado com uma maré de mudança: não há regras para apreciar o que você gosta! Isso trouxe pontos positivos não só para o consumidor final, como também para os sommeliers e produtores, quebrando alguns padrões e mitos.

Durante esse período, o maravilhoso rosé ganhou força, as vendas evoluíram, apesar dele cair perfeitamente bem no verão, os enófilos se aproveitam para consumirem o vinho rosé em qualquer estação do ano e diferentes ocasiões.

O Rosé, como gênero, ganhou destaque de uma maneira que nunca vimos com nenhum vinho antes – ou seja, porque existe um rosé para todos, para qualquer situação. O aspecto rosa se estende do colorido terroso até o salmão. Ele também pode ser: azedo, refrescante, frutado e aromático.

Já pensou em abrir uma garrafa no jantar, né? Confere esse combo Wine Pink.

Uma palavra que define o rosé hoje é: versatilidade. É um vinho com infinitas possibilidades, seja para uma festa na piscina, comemorar um aniversário ou um brunch com os amigos. Harmoniza com um salmão defumado, cai super bem com uma costeleta de vitelas ou uma lagosta.

Não poderíamos deixar de citar a casa incontestável dos vinhos premium rosé, Provence localizado no sul da França, é a região mais famosa pela produção desse estilo de vinho, para ter uma ideia, 89% da produção local são vinhos rosé. Os franceses são mestres nessa arte!

Se você ficou curioso para entender todos os processos dos rosés feitos em Provence, acesse o website da Wines Of Provence, lá nós encontramos informações confiáveis, atuais e comprovadas sobre essa categoria de vinho. Lembrando que: há muitos outros países que também produzem rosés de alta qualidade, mas desta vez vamos focar apenas na França.

Esses rosés de Provence são atemporais e icônicos, a região faz questão de manter a originalidade na produção, por isso são tão apreciados pelo mundo afora. Essas garrafas são movidas por terroir, e não por vinicultores, e feitos a partir de videiras cultivadas apenas para a produção dos vinhos.

E para garantir a qualidade contínua de seus rosés, a Wines of Provence chegou a abrir um centro de pesquisa – Le Centre du Rosé – dedicado à educação, domínio e conservação, garantindo assim aos amantes do rosé que poderão desfrutar da natureza seca, leve e fresca da região.

Apesar do rosé ser o queridinho do momento, sempre presente nas redes sociais e tornado-se o favorito de muitas celebridades, há indícios que não é de hoje que eles são consumidos. Encontraram registros sobre “vinhos rosados” produzidos na Grécia antiga e em Marselha no século VI a.C. Além disso, em 2017, a Wine Intelligence relatou que o rosé era a sexta bebida alcoólica mais consumida em 15 anos. Aposto que você se convenceu de que o poder do rosa é dos grandes, certo?

Gostou do conteúdo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário

Leia também:

Fechar Menu
×

Carrinho